FacebookDiggTwitter

Evento com atletas amadores e profissionais foi realizado nesse domingo no Aterro do Flamengo

A edição de estreia do Tristar Rio no Aterro do Flamengo reuniu mais de 600 atletas amadores e profissionais em duas provas muito especiais, de 55.5km e 111km neste domingo (14) .

 

Em um dia com perfeitas condições climáticas – céu parcialmente encoberto e temperaturas agradáveis, o fantástico Monumento aos Pracinhas, a Praia e o Aterro do Flamengo foram utilizados como um paradisíaco cenário para a realização dessa primeira edição da série Tristar no Brasil.

 

Em um evento onde o embaixador do TriStar Rio apoiou todos os participantes e após sofrer algumas câimbras acabou perdendo a liderança da prova, o primeiro triatleta a concluir todo o percurso da prova de 111km (1km de natação, 100 de ciclismo e 10 de corrida) foi Santiago Ascenço, dono de importante títulos nacionais e internacionais, entre eles o tricampeonato do Trofeu Brasil e o segundo lugar no IronMan Brasil realizado esse ano. “É muito especial vencer essa primeira edição do Tristar no país, é uma nova era non Triathlon. Espero que o esporte cresça ainda mais com esses eventos”, comenta o campeão que finalizou o percurso em 03:12:58

 

O atleta Adriano Sacchetto chegou logo depois, terminando a prova com 03:14:39. O terceiro lugar da prova de 111km  do TriStar Rio Luiz Francisco Ferreira  terminou a prova com 03:15:43.

 

Entre as mulheres, a tricampeã brasileira de Triathlon Vanessa Gianini teve um excelente desempenho na prova e garantiu o primeiro lugar, após manter a liderança da prova durante toda a prova. Ela concluiu o percurso em 03:34:52, seguida por Suzana Festner, que encerrou a prova em 03:37:30. Bruna Mahn garantiu a  terceira colocada na edição inédita do TriStar Rio 111, ao terminar o percurso de natação, ciclismo e corrida em 03:44:44.

 

TriStar 55.5km

 

Além da prova de 111km, o TriStar Rio realizado pela Star Events South America em parceria com a agência de marketing esportivo One Sports Business realizou também uma prova com um formato muito interessante, de 55.5km (0.5km de natação, 50km de ciclismo e 5km de corrida).

 

Nessa prova, a triatleta Carla Moreno teve o melhor resultado e garantiu o topo do pódio, ao encerrar o percurso em 02:01:59. Andrea Carloni terminou a prova em 02:20:25, seguida por Yana Glaser que, com 02:32:45, encerrou sua participação no TriStar Rio 55.5

 

Entre os homens, o brasileiro que representou o país nos Jogos Olímpicos de Londres, Diogo Sclebin fez uma prova de alta nível e recebeu a medalha de ouro ao terminar o percurso mais curto com 01:47:13. Wesley Matos chegou pouco tempo depois de Diogo e terminou a prova com 01:50:12. O triatleta Pedro Arieta também teve um notável desempenho e concluiu o percurso em 01:51:08.

 

Além dos triatletas amadores e profissionais que participaram dessa divertida edição do TriStar Rio, algumas personalidades marcaram presença no evento, como Mario Moraes, João Paulo Diniz e o rapper Túlio Deck. O idealizador do projeto TriStar no Brasil, o piloto Lucas di Grassi também participou da prova de 111km e gostou muito do resultado do evento.

 

“Essa prova está muito bem organizada, os atletas estão muito empolgados com essa edição inédita do Tristar Rio. Já participei de outras provas e essa sem dúvida, é a que tem o percurso mais interessante, mais bonito”, comenta o atleta. “Ainda há alguns detalhes a serem melhorados, mas no geral, o resultado é muito positivo”, comenta Lucas di Grassi.

 

Todos os resultados e fotos podem ser encontrados em www.tristarlive.com e www.tristarrio.com.br

 

Sobre o Tristar:

TriStar Rio de Janeiro é organizado pela Star Events South America em parceria com a ONE International Sport Business e Star Events. O evento terá cobertura especial do canal Bandsports, que transmitirá ao vivo a prova, assim como entrevistas com os atletas e especiais com os melhores momentos. A marca TriStar é apresentada pela Star Events. Sediada em Mônaco, a empresa é especialista em organização de alta qualidade em eventos esportivos focados em diversão, responsabilidade social e proteção ambiental. Em menos de três anos, a série TriStar foi realizada em 13 destinos paradisíacos: Nevis (St.Kitts e Nevis), Mallorca e Madrid (Espanha), Lyon, Deauville e Cannes (França), Worms-Germany (Alemanha), Salzkammergut and Kufstein (Áustria), Milton Keynes (Reino Unido), Estonia-Otepää (Estônia), Mônaco (Mônaco) e Rio de Janeiro (Brasil). A TriStar introduziu novas distâncias – de 111km e 222km, reconhecidas pela ITU – International.

 

Fotos: Divulgação Tristar/Mundo Tri